top of page
  • Foto do escritorMy Place

A importância da alimentação para o Sistema Imunitário


Você fica doente com frequência? Qualquer mudança na temperatura já é suficiente para preocupações? Saiba que isso pode ser alguns dos sinais de que precisa fortalecer o seu sistema imunitário.

Ao longos dos próximos parágrafos explicaremos quais são as melhores práticas para se manter saudável, com foco na importância da alimentação para o aumento da imunidade. Afinal, uma alimentação saudável faz muito diferença no nosso dia a dia.

Ficou interessado? Então, continua com a leitura e saiba como garantir uma saúde de ferro!


O SISTEMA IMUNOLÓGICO

O sistema imune é bem complexo e pode agir de diversas maneiras. Ele consiste em um grupo de células, tecidos e órgãos que têm a missão de defender o organismo de agentes externos — como microrganismos (bactérias, fungos, protozoários e vírus) e substâncias tóxicas. Esses elementos que o corpo não reconhece como seus são chamados de antígenos.A pele, os pelos do nariz e as secreções da mucosa são exemplos de defesa do organismo, pois compõem barreiras físicas contra os agentes invasores. Quando elas não dão conta de conter os antígenos, começa a resposta imune. Com isso, uma série de células de defesa se mobiliza e o organismo passa a produzir os anticorpos, que são componentes que reagem de maneira específica a cada antígeno.Se, ainda assim, o sistema imunológico não conseguir combater esses invasores surgirão as doenças, infecções e alergias. É por isso que devemos manter sempre a nossa imunidade alta, para evitar o surgimento desses quadros ou, quando for inevitável, ajudar o organismo a combatê-las e se curar mais rápido.

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NO AUMENTO DA IMUNIDADE

Nosso corpo é como uma máquina. Se a gente fornece combustível de boa qualidade, ela trabalha muito bem. No entanto, se abastecemos com combustível ruim, as engrenagens não conseguirão funcionar direito.O combustível no caso do sistema imunitário são as proteínas, vitaminas e minerais, que regulam o funcionamento do organismo e garantem a produção de suas células de maneira eficiente. A alimentação, portanto, têm papel fundamental no aumento da imunidade, uma vez que um cardápio variado e rico em nutrientes é capaz de e manter o “exército” do corpo sempre em boas condições de batalha contra os agentes invasores.Em contrapartida, o consumo exagerado de alimentos com aditivos químicos, gorduras trans e açúcares reduz a imunidade. Esses itens são inflamatórios no organismo e sobrecarregam o sistema imune.

ALIMENTOS QUE AJUDAM A AUMENTAR A IMUNIDADE

Uma alimentação saudável, em geral, ajuda a garantir um sistema imunitário fortalecido. Entretanto, alguns alimentos têm poderes ainda maiores quando falamos em imunidade. Confira, a seguir, quais são os itens que não podem faltar no cardápio de quem quer reforçar as defesas de seu organismo!

PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS

A flora intestinal também atua como defensora do nosso organismo. Isso porque as “bactérias do bem” que a compõem atacam os corpos estranhos que podem causar infecções no trato digestivo. Portanto, é interessante tê-la sempre em boas condições.Nesse sentido, recomenda-se o consumo de probióticos pelo fato de serem alimentos fermentados por bactérias benéficas que conseguem ultrapassar a acidez estomacal e chegar ao intestino para reforçar a flora. Os alimentos que se enquadram nesse grupo são: iogurte, queijo, coalhada, leite fermentado com lactobacilos, gengibre em conserva, pepino em conserva, vinagre de maçã e outros.Os prebióticos também servem de comida para essas bactérias, auxiliando a manutenção da microbiota intestinal. Eles são encontrados em alimentos ricos em fibras, como: cereais integrais, leguminosas, verduras, frutas e legumes.

FRUTAS CÍTRICAS

Com certeza você já ouviu falar que a vitamina C é boa para reforçar a imunidade — o que é verdade. Acontece que o nutriente é antioxidante, ou seja, previne o envelhecimento precoce das células, como as de defesa. Sendo assim, consumir regularmente os alimentos ricos em vitamina C, como laranja, limão, acerola etc., ajuda a prevenir doenças, principalmente as respiratórias.

FONTES DE ÔMEGA-3

O ômega-3 é um conjunto de ácidos gordos que agem como anti-inflamatórios naturais, ajudando a fortalecer o sistema imunológico. Existem muita fontes desse nutriente, tanto vegetais quanto animais. Alguns exemplos são: azeite de oliva extra virgem, peixes de águas profundas, como salmão e atum, sementes de chia e linhaça.

OLEAGINOSAS

As oleaginosas, como castanhas, nozes, amêndoas e outras, são alimentos poderosíssimos para a saúde. Isso porque elas contêm muitos nutrientes eficazes no aumento da imunidade. Além de ômega-3, o grupo conta também com vitamina E, zinco e selénio, que são antioxidantes e, como dissemos, evitam que as células de defesa morram antes do esperado.

VEGETAIS VERDE-ESCUROS

Um dos nutrientes necessário para a manutenção de todas as células do corpo, inclusive as do sistema imunitário, é o ácido fólico. Portanto, é interessante incluir no dia a dia os alimentos ricos nesse componente, como o brócolos, espinafre, rúcula, couve etc.


Percebeu que são alimentos fáceis de encontrar? Agora basta manter sua alimentação forte e rica em nutrientes, a sua saúde agradece e você poderá desfrutar dos momentos que você mais gosta com muita energia.

5 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page